O que é preciso para uma gestão de frotas eficiente?

O que é preciso para uma gestão de frotas eficiente?

Posted 06 abril 2021
by Ana.Alberti
A manutenção de frota é de suma importância para as empresas. Com ela, é possível garantir a segurança dos condutores, evitando falhas mecânicas nos caminhões e mantendo-os em bom estado de conservação.
O objetivo da gestão de frotas é alinhar processos, tomada de decisões e resultados com a realização dos objetivos de uma organização. 
É importante ressaltar que o valor da gestão de ativos tem grande efeito sobre o nível de serviço entregue a clientes, preço das ações, participação de mercado, demonstrativo de lucros e perdas de forma analítica, o perfil de risco real e a reputação que a empresa possui.

Vantagens da gestão de frotas

:- Redução de revisões gerais desnecessárias;
- Redução de parada do equipamento;
- Maior disponibilidade das máquinas;
- Prevenção de falhas em equipamentos críticos;
- Estabelecer indicadores de performance para os sistemas de segurança;
- Otimização de inventário de sobressalentes;
- Otimização de gerenciamento de riscos, entre outros.

Gestão de dados

Para uma gestão eficiente, é necessário controle sobre os ativos, bem como suas atividades.
O primeiro ponto é criar a relação de sua frota e anotar dados como modelo, ano, placa, quilometragem e informações sobre a última revisão. 
Faça outra planilha com os relatórios de gastos de combustíveis para cada veículo e os custos de manutenção. Também anote a quilometragem ao lado de cada nota de abastecimento. Ao fazer isso, você consegue estabelecer uma média de consumo por quilômetro. 
Anote as datas de coleta de amostras e revisões rotineiras de cada veículo. Assim você consegue estabelecer uma média de gastos mensais para cada carro e a frequência de revisões e coletas necessárias.

Gestão de pessoas e ativos

Outra forma de economizar e trazer boas práticas de segurança e cuidado, é o treinamento eficaz dos motoristas, com orientações de segurança e também práticas que auxiliam na economia de pneus e uso correto do equipamento para menor desgaste do mesmo.
Essa prática também torna o uso das máquinas mais regular, pois todos que dirigem usarão as mesmas práticas ensinadas.
Tecnologia no controle de gestão 
Há várias formas de melhorar o controle de entrada e saída de veículos com a ajuda de softwares, por exemplo. Assim, evita-se que eles fiquem ociosos por muito tempo e você garante a entrega dos produtos no prazo correto.
Outra forma é o uso do controle do tacógrafo (no caso dos caminhões), que alertam sobre a necessidade de parada para descanso e, também, controlam a rota percorrida pelo motorista.
Tipos de manutenção – Escolha como usar cada uma a seu favor 
Há três tipos básicos de manutenção: a corretiva, a preventiva e a preditiva. Apesar de os nomes serem parecidos, cada uma delas possui um objetivo bastante distinto. O gestor interessado em aprimorar o funcionamento de sua frota precisa conhecer cada tipo de manutenção e suas peculiaridades.

Corretiva

A manutenção corretiva é utilizada quando há desgastes ou falhas nos equipamentos, substituindo os componentes e as peças afetadas. Trata-se de um conjunto de procedimentos que visam corrigir, restaurar e recuperar a capacidade de produção de um equipamento ou uma instalação que tenham sofrido alteração em seu funcionamento. A manutenção corretiva é uma técnica de gerência reativa, que aguarda pela falha para, assim, determinar a ação de manutenção a ser realizada. Quando se trata de manutenção, os procedimentos corretivos são os mais custosos. Isso se dá por fatores como o alto custo de estoques de peças sobressalentes, a baixa disponibilidade de produção e o elevado tempo de paralisação do equipamento.

Preventiva

As manutenções preventivas, por sua vez, estimulam a possibilidade de falhas e programam recondicionamentos ou reparos das máquinas. Dessa forma, tais ferramentas reduzem a probabilidade de avarias ou a degradação de serviços prestados. A manutenção preventiva é uma intervenção prevista, preparada e programada antes da data possível do surgimento de uma falha. São procedimentos da manutenção preventiva os planos de calibração e de aferição de instrumentos, as lubrificações periódicas, os históricos ou as recomendações do fabricante, os planos de inspeção de equipamentos e as revisões sistemáticas do equipamento.

Preditiva

Por fim, há a manutenção preditiva, cujas técnicas atuam com base no estado do equipamento. A manutenção preditiva faz o acompanhamento periódico das máquinas, baseando-se na análise de dados coletados por meio de inspeções em campo ou monitoramentos. O principal objetivo da manutenção preditiva é a verificação pontual dos equipamentos, realizada a fim de antecipar eventuais problemas que possam causar gastos maiores com manutenções corretivas. Este tipo de manutenção indica as condições reais de funcionamento dos equipamentos baseando-se nos dados sobre o desgaste ou o processo de degradação. Tal procedimento prediz o tempo de vida útil dos componentes e as condições para que esse tempo seja mais bem aproveitado pelo usuário. A manutenção preditiva tem como objetivos aumentar o grau de confiança no desempenho de um equipamento ou na linha de produção, reduzir o trabalho de emergência não planejado, eliminar desmontagens desnecessárias para inspeção e impedir o aumento de danos.

Qual priorizar na gestão de manutenção de frotas?

Adotar uma rotina de manutenções preditivas é essencial para manter os veículos bem cuidados e evitar situações indesejáveis. Os lubrificantes, por exemplo, são fundamentais nessa parte e podem minimizar os gastos com consertos de peças do motor.
- Estabeleça metas e regras
- Planeje o futuro e como chegar até ele. Defina metas, meios e prazos para alcançá-las.Para isso, descreva os serviços prestados com transparência e clareza pela sua frota e estabeleça algumas diretrizes, como as regras que seus funcionários devem cumprir, assim como os direitos e as contrapartidas dos clientes.
- Controle as rotas e identifique caminhos mais fáceis. Utilizando GPS é possível identificar alternativas mais práticas para a realização do percurso e, assim, auxiliar os condutores e verificar como está sendo o uso do equipamento.

Resumo

Através de um planejamento sólido e de uma execução baseada em ações previamente estabelecidas é possível criar uma gestão de frotas única! Ou seja, dinâmica, produtiva e, acima de tudo, segura. Por isso que a gestão traz inúmeros benefícios para a empresa, que consegue ter mais controle, transparência e, o que é melhor: economia!
Toda empresa deve ter atenção especial no que concerne à manutenção da frota. Para isso, mostramos medidas eficazes de controle, gestão e manutenção de frotas, como as ferramentas preditivas, que são capazes de apontar irregularidades que podem evoluir para falhas futuras antes mesmo que elas aconteçam.
 

Artigos relacionados

X
alsglobal.com usa cookies para ajudar a melhorar a sua experiência em nosso site. Ao prosseguir, você aceita o uso de cookies. Mais informações
Confirme