Dê o próximo passo.

Solicite um orçamento para os nossos serviços com garantia de qualidade e entraremos em contacto consigo nos próximos dias úteis.

Entre em contacto connosco.

Tem perguntas ou comentários sobre os nossos serviços? Envie-nos uma mensagem e entraremos em contacto consigo em breve.

CONTACTE-NOS

Escolher um método analítico de cobre

O acabamento do instrumento que escolher depende da fase do seu projeto e dos seus objetivos. A exploração de campos verdes utilizando oligoementos requer a sensibilidade e o alcance do ICP-MS. Os métodos económicos disponíveis através do ICP-AES são adequados para a perfuração do corpo do minério onde também é necessária uma composição de oligoelementos. Para amostras mais mineralizadas, tais como minérios sulfuretos massivos, estão disponíveis concentrados ICP-AES e métodos químicos clássicos.

Análise de cobre

Amostras de exploração

A exploração geoquímica do cobre utiliza geralmente métodos multielementos que produzem grandes conjuntos de oligoelementos. Estes métodos são eficazes, uma vez que são úteis não só para identificar áreas de Cu anómala, mas também para normalizar valores em relação à composição da matriz e produzir anomalias multielementos mais robustas. A geoquímica multielemento em solo residual também tem sido utilizada para mapear a geologia subjacente.

Limites de deteção disponíveis

A ALS oferece uma gama de limites de deteção para pacotes de vários elementos por digestão de água-régia (códigos de método com 41) ou por digestão de quatro ácidos (códigos de método com 61). Os nossos métodos super-traçados estão descritos na secção de exploração generativa. Está disponível uma gama de limites de deteção adequados para qualquer projeto através dos métodos de água-régia ME-MS41 e ME-ICP41, e opções de quatro ácidos ME-MS61 e ME-ICP61.

Digestão Super oligoelementos Oligoelementos Grau baixo Mineralizado
Água-régia ME-MS41L™
53 elementos
0,01 ppm - 1 % Cu
ME-MS41™
51 elementos
0,2 ppm - 1 % Cu
ME-ICP41
35 elementos
1 ppm - 1 % Cu
ME-ICP41a
34 elementos
5 ppm - 5 % Cu
Quatro ácidos ME-MS61L™
48 elementos
0,02 ppm - 1 % Cu
ME-MS61™
48 elementos
0,2 ppm - 1 % Cu
ME-ICP61
33 elementos
1 ppm - 1 % Cu
ME-ICP61a
33 elementos
10 ppm - 10 % Cu
Fusão ME-ICP81
16 elementos
20 ppm - 30 % Cu
Código Analitos e intervalos (ppm)
ME-MS41™
Amostra de 0,5 g
Ag 0,01-100 Cs 0,05-500 Mo 0,05-10.000 Sr 0.2-10.000
AI 0,01-25 % Cu 0.2-10.000 Na 0,01 %-10 % Ta 0,01-500
As 0,1-10.000 Fe 0,01 %-50 % Nb 0,05-500 Te 0,01-500
Au* 0,02-25 Ga 0,05-10.000 Ni 0.2-10.000 Th 0.2-10.000
B 10-10.000 Ge 0,05-500 P 10-10.000 Ti 0,005 %-10 %
Ba 10-10.000 Hf 0,02-500 Pb 0.2-10.000 Tl 0,02-10.000
Be 0,05-1.000 Hg 0,01-10.000 Rb 0,1-10.000 U 0,05-10.000
Bi 0,01-10.000 In 0,005-500 Re 0,001-50 V 1-10.000
Ca 0,01 %-25 % K 0,01 %-10 % S 0,01 %-10 % W 0,05-10.000
Cd 0,01-1.000 La 0.2-10.000 Sb 0,05-10.000 Y 0,05-500
Ce 0,02-500 Li 0,1-10.000 Sc 0,1-10.000 Zn 2-10.000
Co 0,1-10.000 Mg .01 %-25 % Se 0.2-1.000 Zr 0.5-500
Cr 1-10.000 Mn 5-50,000 Sn 0.2-500
CÓDIGO ANALITOS E INTERVALOS (ppm)
ME-MS61™
Amostra de 0,25 g
Ag 0,01-100 Cu 0,2-10.000 Na 0,01 % - 10 % Sr 0,2-10.000
AI 0,01 % - 50 % Fe 0,01 % - 50 % Nb 0,1-500 Ta 0,05-500
As 0,2-10.000 Ga 0,05-10.000 Ni 0,2-10.000 Te 0,05-500
Ba 10-10.000 Ge 0,05-500 P 10-10.000 Th 0,01-10.000
Be 0,05-1.000 Hf 0,1-500 Pb 0,5-10.000 Ti 0,005 % - 10 %
Bi 0,01-10.000 In 0,005-500 Rb 0,1-10.000 Tl 0,02-10.000
Ca 0,01 % - 50 % K 0,01 % - 10 % Re 0,002-50 U 0,1-10.000
Cd 0,02-1.000 La 0,5-10.000 S 0,01 % - 10 % V 1-10.000
Ce 0,01-500 Li 0,2-10.000 Sb 0,05-10.000 W 0,1-10.000
Co 0,1-10.000 Mg 0,01 % - 50 % Sc 0,1-10.000 Y 0,1-500
Cr 1-10.000 Mn 5-100.000 Se 1-1.000 Zn 2-10.000
Cs 0,05-500 Mo 0,05-10.000 Sn 0,2-500 Zr 0.5-500
Código Analitos e intervalos (ppm)
ME-ICP41
Amostra de 0,5 g
Ag 0,2-100 Co 1-10.000 Mg 0,01 % - 25 % Sc 1-10.000
AI 0,01 % - 25 % Cr 1-10.000 Mn 5-50.000 Sr 1-10.000
As 2-10.000 Cu 1-10.000 Mo 1-10.000 Th 20-10.000
B 10-10.000 Fe 0,01 % - 50 % Na 0,01 % - 10 % Ti 0,01 % - 10 %
Ba 10-10.000 Ga 10-10.000 Ni 1-10.000 Tl 10-10.000
Be 0,5-1.000 Hg 1-10.000 P 10-10.000 U 10-10.000
Bi 2-10.000 K 0,01 % - 10 % Pb 2-10.000 V 1-10.000
Ca 0,01 % - 25 % Li 10-10.000 S 0,01 % - 10 % W 10-10.000
Cd 0,5-1.000 La 10-10.000 Sb 2-10.000 Zn 2-10.000
CÓDIGO ANALITOS E INTERVALOS (ppm)
ME-ICP61
Amostra de 0,25 g
Ag 0,5-100 Cr 1-10.000 Mo 1-10.000 Th 20-10.000
AI 0,01 % - 50 % Cu 1-10.000 Na 0,01 % - 10 % Ti 0,01 % - 10 %
As 5-10.000 Fe 0,01 % - 50 % Ni 1-10.000 Tl 10-10.000
Ba 10-10.000 Ga 10-10.000 P 10-10.000 U 10-10.000
Be 0,5-1.000 K 0,01 % - 10 % Pb 2-10.000 V 1-10.000
Bi 2-10.000 Li 10-10.000 S 0,01 % - 10 % W 10-10.000
Ca 0,01 % - 50 % La 10-10.000 Sb 5-10.000 Zn 2-10.000
Cd 0,5-1.000 Mg 0,01 % - 50 % Sc 1-10.000
Co 1-10.000 Mn 5-100.000 Sr 1-10.000

Amostras de grau de minério

A análise de amostras para definição de recursos e controlo de graus requer limites de deteção superiores que possam abranger toda a gama de graus. A escolha da digestão também pode basear-se no processo de extração metalúrgica para fornecer uma estimativa do componente extraível, além da concentração total de Cu. Mesmo na estimativa de recursos ou nas fases de controlo de graus, a geoquímica de vários elementos pode fornecer informações valiosas. Os dados podem fornecer informações sobre elementos deletérios presentes no minério, ou para avaliação geometalúrgica de rotina.

Métodos de minério

Análises de minério de cobre de alto grau estão disponíveis por ICP-AES ou AAS após digestão de quatro ácidos ou de água-régia. Estes também podem ser definidos como ensaios automáticos acima do intervalo em amostras de exploração com elevado teor de cobre.

CÓDIGO ANALITOS E INTERVALOS (ppm)
ME-ICP41a
Amostra de 0,4 g
Ag 1-200 Cr 5-50.000 Mo 5-50.000 Th 100-50.000
AI 0,05 % - 50 % Cu 5-50.000 Na 0,05 % - 50 % Ti 0,05 % - 50 %
As 10-100.000 Fe 0,05 % - 50 % Ni 5-50.000 Tl 50-50.000
Ba 50-50.000 Ga 50-50.000 P 50-50.000 U 50-50.000
Be 5-500 Hg 5-50.000 Pb 10-50,000 V 5-50,000
Bi 10-50,000 K 0,05%-50% S 0,05%-10% W 50-50,000
Ca 0,05%-50% La 50-50,000 Sb 10-50,000 Zn 10-50,000
Cd 5-2.500 Mg 0,05%-50% Sc 5-50,000
Co 5-50,000 Mn 25-50,000 Sr 5-50,000
CÓDIGO ANALITOS E INTERVALOS (ppm)
ME-ICP61a
Amostra de 0,4 g
Ag 1-200 Cr 10-100.000 Na 0,05 % - 30 % Ti 0,05 % - 30 %
AI 0,05 % - 30 % Cu 10-100.000 Ni 10-100.000 Tl 50-50.000
As 50-100.000 Fe 0,05 % - 50 % P 50-100.000 U 50-50.000
Ba 50-50.000 Ga 50-50.000 Pb 20-100.000 V 10-100.000
Be 10-10.000 K 0,1 % - 30 % S 0,05 % - 10 % W 50-50.000
Bi 20-50.000 La 50-50.000 Sb 50-50.000 Zn 20-100.000
Ca 0,05 % - 50 % Mg 0,05 % - 50 % Sc 10-50.000
Cd 10-10.000 Mn 10-100.000 Sr 10-100.000
Co 10-50.000 Mo 10-50.000 Th 50-50.000
Código Analitos e intervalos (%) Descrição
Cu-OG46 Ensaio Cu 0,001-50 Digestão de água-régia e acabamento ICP.
Amostra de 0,4 g
Cu-OG62 Ensaio Cu 0,001-50 Digestão de quatro ácidos e acabamento ICP.
Amostra de 0,4 g

Cobre nativo

Quando o cobre está presente na sua forma nativa, a análise das amostras pode ter de ser alterada. Como o cobre nativo é maleável, é propenso a manchar equipamento de preparação, o que irá diminuir a quantidade de cobre na amostra final e adicionar cobre às amostras preparadas posteriormente. Está disponível uma opção para adicionar lavagens cruas após amostras com cobre nativo e analisar a concentração de cobre na lavagem. Isto pode dar uma indicação de quanto cobre está a ser perdido e transportado para as amostras seguintes.

Método de peneiramento metálico Cu-SCR21

Recomenda-se a análise de peneiramento metálico para amostras que contenham cobre nativo, pois o cobre nativo pode não ser distribuído homogeneamente através de uma amostra preparada. Os métodos de peneiramento metálicos analisam todo o material que não passa num tamanho de peneira especificado e, para a porção do material homogéneo que passa, uma estimativa da concentração total de cobre é derivada das duas análises.

Código Analitos e intervalos (%) Descrição
Cu_SCR21 Cu nativo 0,01-100 Peneirar 1 kg de amostra a 100 mícrones, duplicar o ensaio em 0,25 g de fração de subtamanho e o ensaio de toda a fração de sobretamanho por digestão de quatro ácidos e acabamento AAS.

Concentrados de cobre

Os métodos para concentrados de cobre requerem limites superiores de deteção de 100% e um elevado grau de precisão.

Cu-VOL61 e Cu-CON02

A ALS oferece digestão de HNO 3 -HCl-HF-H 2 SO 4 seguida de medição de Cu por titulação. O método Cu-VOL61 fornece uma análise única enquanto o Cu-CON02 fornece análises duplicadas.

Código Analitos e intervalos (%) Descrição
Cu-VOL61 Cu-CON02 Concentrado de Cu 0,01-100 Digestão de ácido HNO3-HCl-HF-H2SO4 seguida de titulação. Cu-CON02 realizado em duplicado. Amostra de 2 g

Caracterização mineral de minérios de cobre

As lixiviações seletivas minerais para cobre podem ser úteis em muitas fases diferentes da vida de um projeto. Algum entendimento da recuperação de métodos de processamento comuns pode ser valioso durante a avaliação de recursos. As minas estabelecidas podem querer produzir caracterização metalúrgica precoce com geoquímica durante a extensão de recursos ou perfuração em enchimento.

Gama de métodos

A ALS oferece uma lixiviação de ácido cítrico (Cu-AA04) que tem como alvo os minerais óxidos e é frequentemente utilizada em lixiviação em grupo e extração de biolixiviação. A digestão de ácido sulfúrico (Cu-AA05) também tem como alvo os minerais óxidos e é amplamente utilizada em processos hidrometalúrgicos de cobre. Uma lixiviação de cianeto (Cu- AA17) tem como alvo os sulfuretos secundários e alguns minerais sulfuretos primários. Os métodos de cianeto são úteis quando um projeto contém ouro, uma vez que é digerido de forma eficaz. Outras opções disponíveis estão listadas na tabela abaixo:

Código Analitos e intervalos (%) Descrição
Cu-AA04 Cu 0,01-10 Lixiviação de ácido cítrico e acabamento Espectroscopia de absorção atómica (AAS).
Amostra de 0,25 g
Cu-AA05 Cu 0,01-10 Lixiviação de ácido sulfúrico e acabamento AAS.
Amostra de 1 g
Cu-AA07n Cu 0,001-100 Lixiviação de ácido sulfúrico/sulfito de Na e acabamento AAS.
Amostra de 1 g
Cu-AA08q Cu 0,001-100 Lixiviação de ácido sulfúrico/sulfato férrico e acabamento AAS.
Amostra de 1 g
Cu-AA17 Cu 0,001-10 Lixiviação de cianeto e acabamento AAS.
Amostra de 2 g
Cu-PKG06LI Cu Vários Lixiviação sequencial para óxido, sulfureto e Cu residual. Várias opções disponíveis.
Amostra de 1 g

Downloads

pdf

ALS Copper Technical Note

12 AUG 2022

pdf

ALS Cyanide Leach: What to consider Technical Note

pdf

Quantitative Mineralogy

Perguntas frequentes

Recursos relacionados

Análise para exploração

A ALS disponibiliza uma vasta gama de métodos analíticos para aplicações de exploração, independentemente do suporte da amostra.

MAIS INFORMAÇÕES

Estudos de mineralogia

A ALS dispõe de equipas especializadas em estudos de mineralogia para todas as fases de exploração e mineração.

MAIS INFORMAÇÕES